Grupo de estudos com os pais

Programação: Grupo de Estudos com os Pais 2018


logo gep  
Família, 

Buscando sempre a integração família-escola e acreditando na importância de compartilharmos com vocês, pais, nossa filosofia e prática, convidamos a participarem do “Grupo de estudo com os pais”! Nossos encontros nesse primeiro semestre de 2018 acontecerão na 3ª quarta-feira de cada mês, conforme programação abaixo:

DATA

HORÁRIO

TEMA

21 DE MARÇO

(quarta-feira)

18h30

“Saci: por que um jeito diferente de aprender?”

18 DE ABRIL

(quarta-feira)

18h30

“Montessori: vida e obra”

16 DE MAIO

(quarta-feira)

18h30

“Mente absorvente: a criança de 0 a 6 anos”

20 DE JUNHO

(quarta-feira)

18h30

“Ensina-me a pensar por mim mesmo – a criança de 6 a 12 anos”


Outros temas de interesse poderão ser sugeridos por vocês! Sabemos da dificuldade de horário disponível, do corre-corre do dia a dia, mas pensamos que, iniciar é preciso. Persistimos no ideal de que os pais cada vez mais compreendam o que significa “O jeito diferente de aprender” que acontece no Saci.

A educação, no seu sentido amplo (cultural, acadêmico, emocional) é o maior legado que deixamos para nossos filhos, é a semente mais fértil que plantamos. Por isso vale a pena pesquisar, apanhar uma lupa e ampliar nossos olhares, verificar alguns detalhes do grande presente que vocês proporcionam aos seus filhos quando escolhem a Escola SACI!

Nosso propósito com o grupo de estudo de pais é que os textos, vídeos, apresentações sirvam como esta “lupa”, que vai ampliar a visão, trazer novas descobertos e consequentemente questionamentos e contribuições sobre nossa filosofia, método de ensino e dúvidas comuns aos pais.
Essa é apenas uma proposta inicial de troca, de aprendizagem em conjunto e principalmente um convite especial para que a família aprenda como seu filho(a) a aprende!
                                                           Equipe Pedagógica

 “Seja o que for que você faça ou sonha em fazer, comece. A audácia tem força, poder e magia. Comece agora!”
                                                           (Johann Goethe)