Desafios e conquistas do universo da Moda

Na roupa, no cabelo, na maquiagem... A moda está em todos os lugares. Mas, muito além de ser algo ligado somente à estética, os alunos da turma Teens perceberam que por trás do jeito de se vestir há muita personalidade. Para investigar o universo da moda, sua história e os reflexos desse meio na vida das pessoas, a turma da professora Letícia Rodrigues criou o projeto “The world is fashion” e deu o primeiro passo nas pesquisas visitando a fábrica onde são confeccionadas as roupas da loja Hill.

Na fábrica, os alunos foram recebidos pela proprietária da loja e mãe da aluna Bettina, Dani Hill. Ela conversou com os adolescentes sobre o processo de fabricação das roupas e sobre como iniciou sua carreira como estilista. “Ela disse que era muito nova, devia ter uns 17 anos, e sua família sempre foi envolvida com comércio. E aí uma amiga pediu que ela costurasse uma roupa para uma apresentação de dança e resolveu ajudar. Aí ela gostou e começou a costurar e, aos 22 anos, já era independente em seu trabalho e hoje acompanha desde os desenhos até o momento em que as peças são postadas na internet para divulgação”, explica a professora. Ao andar pela fábrica, a aluna Letícia Prevato tirou algumas conclusões a respeito do ofício de um estilista. “Gostei muito, mas é muito mais difícil do que se imagina. Eu achava que tinha um pouco de noção de como as coisas acontecem, mas é bem diferente. Tem que fazer desenho, molde, ficar atento ao tamanho, fazer ajustes e reparos, ter cuidado de passar em uma máquina para a roupa não encolher... É bem complicado”, afirma. O aluno Daniel Ferreira viu na visita uma oportunidade de acabar com alguns preconceitos. “Foi muito legal, porque as pessoas acham que moda é coisa mais para as meninas, mas eu gosto muito, gosto de ver como as pessoas se vestem. Também é para homem, também podemos ser estilistas, então foi bom ver como é, para acabar um pouco com esse preconceito”, afirma.